Pesquisar
Close this search box.

No croquete de galinha, a cebola batidinha…

No croquete de galinha, a cebola batidinha… Poema culinário: No croquete de galinha, a cebola batidinha… Dentre a vasta obra do inigualável poeta Carlos Drummond de Andrade, encontra-se essa singeleza de poema culinário, ensinando com graça e leveza a produzir uma delícia de croquete de galinha, em em homenagem à culinária brasileira, rica em cores, sabores, […]

Paulo Coelho: Fui preso 3 vezes, em 1 delas torturado

Paulo Coelho: Fui preso 3 vezes, em 1 delas torturado. Paulo Coelho, contra Bolsonaro, posta imagens de sua prisão durante a ditadura  Por DINO BARSA no urbsmagna.com Na onda da indignação mundial do apoio de Bolsonaro à ditadura militar no Brasil iniciada em 1964, Paulo Coelho, escritor consagrado no mundo inteiro e ex-parceiro musical de Raul Seixas, postou […]

Castro Alves: O poeta da liberdade

Castro Alves: O poeta da liberdade

Castro Alves: O poeta da liberdade Mês de março, dedicado à poesia e ao poeta Castro Alves, o patrono da cadeira 7 da Academia Brasileira de Letras, um homem que muito amou e foi amado, e entre seus amores figurava como o maior de todos uma dama fugidia e indomável: a Liberdade! Por Iêda Vilas-Bôas […]

Janis Joplin: um ponto fora da curva

JANIS JOPLIN: UM PONTO FORA DA CURVA

Janis Joplin: um ponto fora da curva Janis Lyn Joplin revolucionou a história do Rock. Virou musa. Cantora, compositora e multi-instrumentista, foi a rainha do Rock and Roll dos anos 1960 e a maior cantora de blues and soul da sua geração. Virou musa. Virou ícone. Virou lenda… Por Zezé Weiss Nascida em 1943, era […]

JK, um Cometa no Céu do Brasil

JK, um Cometa no Céu do Brasil

JK, um Cometa no Céu do Brasil O filme de Maria Maia, uma produção da TV Senado, apresenta a trajetória do ex-presidente Juscelino Kubitschek, nascido na cidade mineira de Diamantina em 1902, que protagonizou, na esfera política brasileira, uma série de transformações históricas. O documentário conta a história de JK desde a infância pobre até […]

Nós que o abismo vemos

Nós que o abismo vemos O abismo no qual este país foi transformado se alarga e se aprofunda feito metástase. Nós que o vemos, temos a nítida sensação de que ele também nos vê. Exauridos, fitamos suas entranhas e as observamos regurgitar as figuras mais decrépitas e abjetas, que só um organismo inumano poderia gerar […]