Pesquisar
Close this search box.

O STF e o furto do vosso ventre 

O STF e o furto do vosso ventre  Por José Bessa Freire/TaQuiPraTi Confesso publicamente: eu roubei. Reincidi inúmeras vezes. Não sei se o crime já prescreveu. Faz tanto tempo. Foi no final do último governo do Álvaro Maia. Tinha eu sete ou oito anos. Sabe aquela antiga feira de Manaus que começava na rua Ferreira […]

Dona Elisa e o diálogo de surdos na Ucrânia

Dona Elisa e o diálogo de surdos na Ucrânia “O diálogo é a invenção humana mais admirável  de toda a história da humanidade.” Jorge Luís Borges, 1981. José R. Bessa Freire O bombardeio promovido por Vladimir Putin deixou ilhados na Ucrânia alguns turistas brasileiros e cerca de 500 residentes, entre eles vários jogadores de futebol. […]

Doutora Zeneida: as encantarias de uma pajé

Doutora Zeneida: as encantarias de uma pajé “La raíz del árbol no canta. Canta la copa, no más”. (Zamba Tata Juancho de Jorge Cafrune.1976). Por José Ribamar Bessa Freire/TaquiPraTi Lembro bem, foi em 2007, em Soure, Marajó, perto da praia do Mata-Fome – um nome desse ninguém esquece. Com a pajé Zeneida e o karai guarani Wherá […]

Mestra Japira e a linguagem das plantas

Mestra Japira e a linguagem das plantas “Quando dizemos que a montanha está mostrando que vai chover, eles dizem: ‘Isso é folclore, montanha não fala’. Eles se divorciaram da nossa mãe Terra” (Ailton Krenak). Por José Ribamar Bessa Freire Mestra Japira Pataxó recebeu o título de doutora pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) nesta quinta-feira […]

Faz escuro, mas eu canto, mesmo desafinado?

Faz escuro, mas eu canto, mesmo desafinado? – Thiago? Onde estás? – Estou do outro lado do rio! Marilza de Mello Foucher Por José Ribamar Bessa Freire – Não podemos ir juntos – disse Thiago de Mello: – Vou na frente, você fica aqui, espera um pouco e depois me segue e quando chegar lá, […]

Canção para Thiago de Mello: Tetê e Alzira, suas danadas

Canção para Thiago de Mello: Tetê e Alzira, suas danadas Na terça, 30 de março, Thiago de Mello completou 95 anos. Celebramos juntos vários aniversários seus, o primeiro deles em 1968, numa semiclandestinidade no Rio de Janeiro, sempre com uma canção… “Passa pra cá, Tetê, vamos acabar de amor”. (Autor anônimo. De Manuel Bandeira para […]

Num certo palácio, a ceia do amigo oculto

Num certo palácio, a ceia do amigo oculto “Que o entusiasmo conserve vivas / suas molas,/ e possa enfim o ferro / comer a ferrugem / o sim comer o não”. (João Cabral, Cartão de Natal. 1994) Por José Ribamar Bessa Freire/TaQuiPraTi Naquele palácio desenhado por um arquiteto comunista, com colunas “leves como penas pousando no chão”, […]

Munduruku na ABL: a saga do neto do Apolinário

Munduruku na ABL: a saga do neto do Apolinário “E mesmo que toda a gente / fique rindo, duvidando / destas estórias que narro / não me importo: vou contente / toscamente improvisando / na minha frauta de barro”. (Luiz Bacellar. 1963. Frauta de Barro) Por José Ribamar Bessa Freire/TaQuiPraTi Desculpem insistir, mas o bairro de […]

Crianças Yanomami detrás do Céu: Genocíndio?

Crianças Yanomami detrás do Céu: Genocíndio? José Ribamar Bessa Freire “Sabemos que os mortos vão se juntar aos espíritos de nossos antepassados lá do outro lado do céu, onde a caça é abundante e as festas não acabam”. Davi Kopenawa. A Queda do Céu. 2010. Era o Dia da Criança e da padroeira do Brasil. Um […]

Ai de ti, Haiti, sangrado coração

AI DE TI, HAITI, SANGRADO CORAÇÃO

Ai de ti, Haiti, sangrado coração Se o mundo é um vale de lágrimas, o Haiti é, certamente, o cantinho mais irrigado deste vale. René Depestre Por José Ribamar Bessa Freire Eles fizeram uma longa fila e foram embarcando, um a um, no navio chamado “Sagrado Coração de Jesus”, que zarpou de Tabatinga (AM) para […]

Armas: professora inesquecível, presidente olvidado

Armas: professora inesquecível, presidente olvidado Por José Bessa Freire/TaQuiPraTi Buscava eu um tema para esta nossa conversa semanal quando Alex, um amigo querido, telefona nesta sexta (15) para me parabenizar:  – Mestre, esse país será outro quando pudermos comemorar o “Dia do professor inesquecível” e o “Dia do presidente deslembrado”.  Buscava eu um tema para […]

Pra não dizer que não falei de Ixora

IXORA

Pra não dizer que não falei de Ixora Por José Ribamar Bessa Freire/TAQUIPRATI “Pelas ruas marchando / Indecisos cordões / Ainda fazem da flor /Seu mais forte refrão / E acreditam nas flores / Vencendo o canhão.”(Geraldo Vandré) – Vovô, como é o nome dessa flor? A pergunta da Ana, do alto dos seus 7 […]