Mia Couto: “Amo o que não tem despedida”

Mia Couto: “Amo o que não tem despedida”

“Eis como eterno me condeno: Amo o que não tem despedida.”

Tudo o que tenho não tem posse:

o rio e suas ocultas fontes,

A nuvem grávida de Novembro,

O desaguar de um rio em tua boca.

Só me pertence o que não abraço.

Eis como eterno me condeno:

Amo o que não tem despedida.

Mia Couto

Salve! Pra você que chegou até aqui, nossa gratidão! Agradecemos especialmente porque sua parceria fortalece  este nosso veículo de comunicação independente, dedicado a garantir um espaço de Resistência pra quem não tem  vez nem voz neste nosso injusto mundo de diferenças e desigualdades. Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto na nossa Loja Xapuri  ou fazendo uma doação de qualquer valor pelo PIX: contato@xapuri.info. Contamos com você!

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

P.S. Segue nosso WhatsApp61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, a qualquer dia. GRATIDÃO!

ANDARILHOS DA CLARIDADE
CAMINHANDO NA FLORESTA
REQUIEM PARA O CERRADO
CARLOS MARIGHELLA
POR UM MUNDO SEM VENENO
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
  Visite a Loja Xapuri  
 
camiseta Lula o pai Ta on
vamos juntos pelo Brasil
Rir é um ato de resistir
No meu peito e teu bate um sonho igual
Che Guevara Preta
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Você pode apoiar a Xapuri Socioambiental comprando um produto na nossa Loja