Fernando de Noronha, santuário ameaçado

Fernando de Noronha, santuário ameaçado

Governo Bolsonaro ameaça biodiversidade de Fernando de Noronha por ‘ideologia e turismo’

Da RBA

O arquipélago Fernando de Noronha, em Pernambuco, um dos ecossistemas mais sensíveis e ricos em biodiversidade do país, pode ter sua vigilância ambiental afrouxada pelo governo de Jair Bolsonaro (sem partido) para dar lugar à exploração turística e comercial. A intenção foi confirmada pelo senador e filho do presidente, Flávio Bolsonaro (também sem partido) que, em vídeo publicado nas redes sociais nesta semana, afirmou que pretende que a entrada de cruzeiros  marítimos no arquipélago seja liberada. Ele disse ainda que já está atuando para “desatar os nós para que esses segmentos sejam melhor explorados”.

Acompanhado do presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Gilson Machado, os dois acrescentaram que o governo o plano inclui abrir as ilhas para navios de grande porte e instalar novos “recifes artificiais” na área – em um total de 12 pontos – para serem transformados em locais de mergulho.

Fonte: Sul21

 

Block

Salve! Pra você que chegou até aqui, nossa gratidão! Agradecemos especialmente porque sua parceria fortalece  este nosso veículo de comunicação independente, dedicado a garantir um espaço de Resistência pra quem não tem  vez nem voz neste nosso injusto mundo de diferenças e desigualdades. Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto na nossa Loja Xapuri  ou fazendo uma doação de qualquer valor pelo PIX: contato@xapuri.info. Contamos com você! P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, a qualquer dia. GRATIDÃO!