Pesquisar
Close this search box.

Sobre ruas, flanelas e coletes

“Brasília não foi feita pra pobre”, diz Carlos, “foi feita pra político e pra polícia”. Faltou acrescentar: e pra carro. O tom amargo marca a frase do guardador e lavador de carros que poderia ser dita por qualquer um dos milhares de “flanelinhas” que ocupam o centro da capital federal em busca de sobrevivência. Sim, […]

×
×