Pesquisar
Close this search box.

A história do vento

A história do vento  O vento é chamado de Tãpiya.  Os olhos humanos não podem vê-lo, somente Pawa (o Sol) consegue vê-lo.  O vento está soprando o tempo todo para esfriar a terra. Se o vento não existisse, a terra já teria pegado fogo. É também o vento que traz a chuva para molhar a […]

Ashaninka: O sagrado poder da beleza indígena

Ashaninka: O sagrado poder da beleza indígena

Ashaninka: O sagrado poder da beleza indígena Sempre que dou alguma palestra, ou atendo estudantes e pesquisadores que buscam saber sobre os povos indígenas do Acre, costumo usar a metáfora do “continente europeu”, para me referir a esses povos… Por Jairo Lima Explico: Imagine o continente europeu e seus países, com seus povos e aspectos […]

Benki Ashaninka: ‘É o índio da novela’?

Benki Ashaninka: ‘É o índio da novela’? Por Jairo Lima O Juruá alterna seus humores entre o calor escaldante e chuvas torrenciais, que alimentam a floresta garantindo-lhe a perenidade e riqueza que nos enche de vida e esperanças. Nas últimas duas semanas venho participando do frenesi febril e dinâmico que tomou de assalto não só […]

×