Pesquisar
Close this search box.

Ashaninka: O sagrado poder da beleza indígena

Ashaninka: O sagrado poder da beleza indígena

Ashaninka: O sagrado poder da beleza indígena Sempre que dou alguma palestra, ou atendo estudantes e pesquisadores que buscam saber sobre os povos indígenas do Acre, costumo usar a metáfora do “continente europeu”, para me referir a esses povos… Por Jairo Lima Explico: Imagine o continente europeu e seus países, com seus povos e aspectos […]

Um calendário Ashaninka

Ashininka Sebastiao Salgado

 Ashaninka: Um calendário Ashaninka Mauro Almeida e Manuela Carneiro da Cunha JANEIRO A fruta da embaubinha amadurece indicando o melhor tempo para colher o mel de abelha. É um tempo de abundância de mel. O curimatã, como a maioria dos peixes de escama, desova nessa época com as primeiras grandes águas nos rios. O amadurecimento […]

“Agora fala de um jeito que eu entenda“

Raial maio 18 2 e1615336113109

“Agora fala de um jeito que eu entenda“ Sobre alguns entraves de comunicação para além da língua – Esta reflexão  pretende falar sobre conversa, diálogo, compreensão, e, é claro, seus contrários, e também sobre alguns cuidados que me parecem necessários àqueles que acabam de chegar quando precisam estabelecer uma interação respeitosa com os outros Por […]

Lições sobre crença e cura indígena

Os Katukina empregam partes de alguns animais para despertar determinadas qualidades nas crianças

Lições sobre crença e cura indígena Os Katukina empregam partes de alguns animais para despertar determinadas qualidades nas crianças. Assim, retiram o tutano (napo) do veado (txasho), animal ligeiro, e esfregam-no nas pernas das crianças para que logo aprendam a andar. Já do tatu-canastra (pano), recolhem um pouco de sangue (imi) e passam-no na testa […]

Dinâmicas, evoluções e modismos da Cultura Indígena

Jairo 1605 Ion David

A Cultura Indígena é dinâmica e tem suas “modas”, mas não é bagunçada… Tivemos uma semana bem molhada aqui pelo Juruá. Choveu muito, o que contribuiu ainda mais para nosso isolamento físico do resto do Aquiry e, claro, da terra brasilis, já que o acesso terrestre entre a capital do Estado, no Seringal Empresa e […]

Civilização desaparece? Não!

civilização

Civilização desaparece? Não! Nesta semana o blog Crônicas Indigenistas estreou mais um espaço de comunicação, desta vez com uma página no Facebook, onde podemos ampliar ainda mais as informações sobre os povos indígenas e temas afins Por Jairo Lima E algo que me chamou a atenção foi uma mensagem postada por uma seguidora da página:  […]

Mulheres Indígenas: Diversos olhares, muitos papéis

Mulheres Indígenas: Diversos olhares, muitos papéis

Mulheres Indígenas: Diversos olhares, muitos papéis – Observando a imagem que a revista Xapuri selecionou para ilustrar uma crônica minha, não deixei de perceber a beleza e a força que ela emanava. A imagem era uma fotografia, de Eliane Fernandes,  que mostrava duas indígenas Ashaninka, entre elas a agente de saúde Dora Piyanko Ashaninka. Por […]

Hananeri virou pó de estrela

po de estrela

Hananeri adoeceu, subiu à sua aldeia e virou pó de estrela Por José Meirelles Descendente de uma nobre família Ashaninka, filho de Kitola, um dos primeiros a se mudar das cabeceiras do rio Juruá peruano para as cabeceiras do rio Envira, a pedido da antiga proprietária do Seringal Califórnia, Dona Neuza Prado. Este seringal era […]

Carta da 1a Yubaka Hayrá

Carta da 1a Yubaka Hayrá - Conferência Indígena da Ayahuasca

Carta da 1a Yubaka Hayrá – Conferência Indígena da Ayahuasca Nós, representantes dos Povos Indígenas do Vale do Juruá – Apolima-Arara, Ashaninka, Huni Kuin, Jaminawa, Jaminawa-Arara, Kuntanawa, Nawa, Noke Koi, Nukini, Puyanawa, Shanenawa, Yawanawá e Shawãdawa reunidos na 1ª Yubaka Hayrá – Conferência Indígena da Ayahuasca, realizada de 14 a 17 de dezembro de 2017, […]

Carta da 1ª Conferência das Organizações Regionais Indígenas do Vale do Juruá

Carta da 1ª Conferência das Organizações Regionais Indígenas do Vale do Juruá

Carta da 1ª Conferência das Organizações Regionais Indígenas do Vale do Juruá Nós, representantes dos Povos Indígenas do Vale do Juruá [Acre] – Apolima-Arara, Ashaninka, Huni Kuin, Jaminawa, Jaminawa-Arara, Kuntanawa, Nawa, Noke Koi, Nukini, Puyanawa, Shanenawa, Yawanawá, reunidos na 1ª Conferência das Organizações Regionais Indígenas, realizada de 10 a 14 de dezembro de 2017, na […]

Exercendo a arte de viver, segundo o ensinamento Ashaninka

ashaninka

Ou: como uso o conhecimento do Povo Ashaninka como uma de minhas filosofias de vida… Por: Jairo Lima “(…) Nossa cabeça é como o mundo e o mundo é como nossa cabeça. A testa é o pensar. O pensar é a calma (1), a ação, a adrenalina, o susto (2) e a reflexão (3). Os […]

CoisaNawa: Nem todos que usam cocar por aí  são índios…

Cocar uol

CoisaNawa: Nem todos que usam cocar por aí  são índios… Por Jairo Lima  Realmente o Acre não é para os desavisados. Principalmente o Acre indígena. Nesta semana veio a público uma matéria envolvendo a prisão de um indígena, na cidade de Feijó. Prisão esta que desencadeou manifestações de todos os tipos: das mais sensatas às […]