Pesquisar
Close this search box.

O que sobra depois do Nada?

O que sobra depois do Nada? Por Leonardo Boff Muitos em nosso país vivemos uma situação de luto. O luto se impõe quando sofremos perdas: os muitos mortos e centenas de desaparecidos do rompimento da barragem da Vale que destruiu criminosamente a cidade de Brumadinho. A perda da pessoa amada, do emprego que garantia a […]

Nota de Repúdio à remoção do Jardim Medicinal do Bloco H da SQN 216 – Brasília

Nota de Repúdio à remoção do Jardim Medicinal do Bloco H da SQN 216 em  Brasília  Vivemos tempos difíceis onde até mesmo os representantes de condomínios não representam seus moradores. Após dois meses de manifestos coletivos e publicações na imprensa e redes sociais, o administrador do condomínio do bloco H da SQN 216 resolveu derrubar […]

Mariana: Crime ambiental e crise no sistema de gestão de bacias

Mariana: Crime ambiental

Mariana: Crime ambiental e crise no sistema de gestão de bacias Por  Sandro Ari Andrade de Miranda  Chamar o rompimento das barragens da empresa Samarco Mineração, em Mariana/MG, de tragédia é um eufemismo. Ou seja, é um mecanismo utilizado para atenuar o tamanho da violência praticada contra a população, animais e todo o ambiente do […]

Febre Amarela: Bióloga relaciona surto em Minas com tragédia de Mariana

Febre Amarela: Bióloga relaciona surto em Minas com tragédia de Mariana

Febre Amarela: Bióloga relaciona surto em Minas com tragédia de Mariana O estado brasileiro de Minas Gerais passa, nesse momento, por um aumento de casos suspeitos de febre amarela. Grande parte das cidades que identificaram pacientes com sintomas da doença em Minas está localizada na região afetada pela tragédia do rompimento da Barragem de Fundão, […]

Samarco e Vale assinam acordo para dar calote em Mariana

Samarco

Samarco e Vale assinam acordo para não pagar prejuízos em Mariana A tragédia de Mariana ocorreu no dia 5 de novembro de 2015, quando a barragem do Fundão, pertencente à Samarco, se rompeu e liberou mais de 60 milhões de metros cúbicos de rejeitos. Dezenove pessoas morreram. Houve devastação da vegetação nativa, poluição da Bacia […]