Pesquisar
Close this search box.

Boff: STF é a parte vergonhosa e envergonhada do golpe

Boff Sobre Gilmar Mendes: STF É A Parte Vergonhosa E Envergonhada Do Golpe

A decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes de mandar soltar o ex-diretor da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) Paulo Vieira de Souza, operador do PSDB, continua pegando mal.

Desta vez quem critica é o teólogo e escritor Leonardo Boff. “Não se admirem pelo h.c. dado a Paulo Preto por @gilmarmendes. Ele é membro do STF que é parte vergonhosa e envergonhada do golpe”, disse ele no Twitter.

Segundo autoridades da Suíça, Paulo Preto mantinha o equivalente a R$ 113 milhões em contas fora do Brasil. O dinheiro recebido por ele são ligados principalmente ao ex-governador José Serra.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), o operador do PSDB estaria por trás de ameaças a uma testemunha, Mércia Ferreira Gomes, o que justificaria a prisão dele. Uma pessoa teria abordado a ex-funcionária terceirizada da Dersa na rua e dito “você é o arquivo vivo da Dersa e cuidado para não ser o arquivo morto”.

Gilmar Mendes avaliou que existe apenas a palavra de Mércia para embasar as supostas ameaças, o que seria insuficiente para manter Paulo Preto preso. “Além da comprovação do ocorrido não ser sólida, não há indício da autoria das ameaças por parte do paciente [Paulo Preto]”, escreveu o ministro.

ANOTE AÍ:

Fonte:  CLICK POLÍTICA com informações de brasil247

0 0 votos
Avaliação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários

Parcerias

Ads2_parceiros_CNTE
Ads2_parceiros_Bancários
Ads2_parceiros_Sertão_Cerratense
Ads2_parceiros_Brasil_Popular
Ads2_parceiros_Entorno_Sul
Ads2_parceiros_Sinpro
Ads2_parceiros_Fenae
Ads2_parceiros_Inst.Altair
Ads2_parceiros_Fetec
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow

REVISTA

REVISTA 112
REVISTA 109
REVISTA 110
REVISTA 111
REVISTA 108
REVISTA 107
REVISTA 106
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow

CONTATO

logo xapuri

posts recentes