Pesquisar
Close this search box.

Como nascem as cidades

Como nascem as cidades
Procissão do Divino (1917) Imperador ou festeiro: Fco José de Sá (Chico de Sá) Foi imperador ainda em 1933 e 1937 Rua do Rosário

Como nascem as cidades “Algumas povoações resistiram, como Pirenópolis, Goiás, Corumbá, cujos habitantes entregaram-se à lavoura de subsistência e à criação de gado. Para isso foi preciso despovoar os campos dos indígenas bravios, confinando-os em aldeamentos, onde lhes era ministrado o ensinamento de métodos de trabalho e da religião católica. Sobretudo se lhes ensinava como […]

Quilombos e Quilombolas: passado e presente

Quilombos e Quilombolas: Passado e Presente

Quilombos e Quilombolas: passado e presente Quem no Brasil não ouviu falar sobre quilombos? Muitos que passaram pelo ensino fundamental possuem, de certa forma, alguma lembrança desse tema das aulas de História, em que professores/as ensinavam, por meio dos livros didáticos, que nos períodos do Brasil Colônia (1500–1822) e do Brasil Império (1822–1889) existia a […]

Tropas e Carros de Boi no Planalto Central

Tropas e Carros de Boi no Planalto Central A história da colonização do centro oeste do Brasil começou na segunda década do século XVIII, a partir da descoberta de pedras preciosas em Cuiabá (1719) e Arraial de Santana, atual Cidade de Goiás (1726). Essa imensa região pertenceu a Capitania de São Paulo até o ano […]

Tropas e Carros de Boi no Planalto Central

Tropas e Carros de Boi no Planalto Central A história da colonização do centro oeste do Brasil começou na segunda década do século XVIII, a partir da descoberta de pedras preciosas em Cuiabá (1719) e Arraial de Santana, atual Cidade de Goiás (1726). Essa imensa região pertenceu a Capitania de São Paulo até o ano […]

A ponte que liga a História Social

A ponte que liga a História Social  O tempo não constrói pontes. Quem constrói ponte é o homem, que está no tempo. O tempo não é nem velho e nem mesmo novo, ele é agora. Este momento é um tempo no qual estou vivendo. Mas este instante não seria outro, visto que vivo no presente […]

Ao Lhé dos acreanos, com carinho

Ao Lhé dos acreanos, com carinho   Do Acre, o Lhé sempre foi uma pessoa que eu passei anos querendo conhecer. Sabia da militância do Lhé, da generosidade do Lhé, do desapego do Lhé, das convicções políticas do Lhé,  do saber profundo do Lhé, da amizade do Lhé com o Chico Mendes, mas nada de […]

Marcha e contramarcha para o oeste pelo capital

“Assim como noutros tempos, resistência houve e há.” Fernando Antônio Gelfuso A compreensão dos grandes problemas que assolam as comunidades que vivem no outrora denominado “Sertão” do Brasil passa, em grande medida, pela historicização de todo o processo de inserção das regiões que o integram na órbita de influências dos chamados “Impérios Mercantis Salvacionistas” ibéricos – […]