Pesquisar
Close this search box.

‘Verdadeiros arsenais estão em casas comuns’, alerta Instituto Sou da Paz

‘Verdadeiros arsenais estão em casas comuns’, alerta Instituto Sou da Paz

No cenário de uma sociedade cada vez mais armada após a política de incentivo feita pelo governo Bolsonaro, o recente episódio envolvendo o empresário que tirou a vida da policial civil Milene Bagalho Estevam, de 39 anos, em um bairro nobre de São Paulo, coloca em evidência a crescente preocupação em relação à flexibilização das leis de armas no Brasil, aponta o Instituto Sou da Paz.

Por Redação/Mídia Ninja

O número alarmante de armas de fogo entre a população ganha destaque, especialmente com a flexibilização que permitiu a atiradores desportivos adquirirem até 60 armas, incluindo 30 fuzis. Natália Pollachi, gerente de projetos do Instituto Sou da Paz, alerta para o surgimento de verdadeiros arsenais em residências comuns e apartamentos.

“A gente teve uma flexibilização tão grande que permitiu a atiradores desportivos comprarem até 60 armas de fogo, sendo que 30 podem ser fuzis. Então, a gente tá falando de verdadeiros arsenais que estão em casas comuns, em apartamentos”, destaca Pollachi.

Durante o governo de Jair Bolsonaro, o número de pessoas com certificado de registro de armas de fogo aumentou quase sete vezes, atingindo a marca de 700 mil registros. O empresário Rogério Saladino dos Santos, 56, envolvido na tragédia recente, possuía registro de CAC (Caçador, Atirador e Colecionador de Armas). Surpreendentemente, uma de suas duas pistolas estava irregular.

A flexibilização do registro de CAC, conforme explica Natália Pollachi em entrevista ao podcast O Assunto, não apenas aumentou a quantidade de armas nas mãos da população, mas também contribuiu para facilitar o desvio dessas armas para atividades ilegais, levantando questões sobre o controle efetivo das autoridades.

“Tem gente que faz esquemas até de aluguel de armas para o crime organizado”, diz Pollachi. “Casos de operações em que a polícia foi até a casa de pessoas com 10 a 15 armas registradas em seu nome e, quando chegou lá, só tinha três armas na residência. Onde estão as outras armas?”

*Com informações do G1

0 0 votos
Avaliação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários

Parcerias

Ads2_parceiros_CNTE
Ads2_parceiros_Bancários
Ads2_parceiros_Sertão_Cerratense
Ads2_parceiros_Brasil_Popular
Ads2_parceiros_Entorno_Sul
Ads2_parceiros_Sinpro
Ads2_parceiros_Fenae
Ads2_parceiros_Inst.Altair
Ads2_parceiros_Fetec
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow

REVISTA

REVISTA 114
REVISTA 113
REVISTA 112
REVISTA 111
REVISTA 110
REVISTA 109
REVISTA 108
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow

CONTATO

logo xapuri

posts recentes

×